Reflexoterapia

A reflexoterapia é uma técnica específica de pressão que atua em pontos reflexos precisos dos pés com base na premissa de que as áreas reflexas destes, correspondem a todas as partes do corpo. Como os pés representam um microcosmo/microssistema do corpo, todos os órgãos, glândulas e outras partes estão dispostas num arranjo similar ao dos pés. Esse fenômeno de representação microssistemica também se manifesta em várias partes do corpo, como a íris do olho, a face, orelhas, coluna, mãos entre outras.

No ano de 1970, Hanne Marquerett, reflexologista autora do livro “Reflex Zone Therapy of the Feet”, identificou que seria mais fácil classificar os pontos reflexos localizados nos pés se o corpo fosse dividido em áreas; dessa forma, os pés formariam um mapa em miniatura, constituído por uma identificação mais precisa dos reflexos.

A pressão é aplicada nas áreas reflexas com os dedos das mãos e usando técnicas específicas. Isso provoca mudanças fisiológicas no corpo na medida em que o próprio potencial de equilíbrio do organismo é estimulado. Dessa maneira, os pés podem desempenhar um papel importante para se conquistar e manter uma saúde melhor. A meta da reflexoterapia é o retorno da harmonia.

O passo mais importante para isso é reduzir a tensão e induzir o relaxamento. O relaxamento é o primeiro passo da normalização. Quando o corpo está relaxado, o tratamento é possível. A massagem reflexa dos pés é útil para manter a saúde, no tratamento de doenças e para prevenir o aparecimento das mesmas. Problemas de saúde podem ser detectados precocemente e o tratamento ministrado para prevenir o desenvolvimento de sintomas mais sérios.

A reflexoterapia pode ser considerada equivalente a uma regulagem, um ajuste do corpo. O reflexoterapeuta não cura – somente o corpo é capaz de fazê-lo – o que ele faz é auxiliar a equilibrar todos os sistemas corporais, em nível tanto fisiológico, psicológico como espiritual.

Essa técnica não apresenta contra-indicações para as áreas que estão em adequado funcionamento.

Uma forma boa e simples de entender a importância dos pés e a utilidade da reflexoterapia, é lembrar que eles suportam nosso peso durante todo o dia, portanto, estão submetidos a uma pressão muito grande e, sobretudo, com sapatos inadequados, fazendo com que haja um desequilíbrio no nosso eixo de sustentação bem como pressão exacerbada em pontos reflexos, desarmonizando o organismo.

Gostou? Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *